quarta-feira, 12 de maio de 2010

Claro que não! Será? (editado)


Certa vez, em uma reunião de trabalho em um cliente, durante um intervalo, perguntei a duas pessoas ali presentes:

Vocês colocariam como logomarca de suas empresas a figura de um túmulo?

Espantados com a pergunta, ambos responderam: Claro que não!

Após ouvir a resposta deles, mostrei-lhes um cartão de visitas que havia recebido de um representante de uma empresa no mesmo dia da reunião.

Então disse a eles: Essa empresa colocou!

A logomarca desenhada no cartão era representada por uma das pirâmides do Egito.

Sabe-se que as pirâmides eram edifícios funerários. Em outras palavras, túmulos. Apesar de atribuírem várias outras funções para as pirâmides, na prática, nada mais eram do que túmulos. A diferença entre as pirâmides e os túmulos que conhecemos é apenas o formato.

Ainda durante o intervalo resolvi fazer outra pergunta:

Vocês acham que um pai ou uma mãe, após ter perdido seu filho (ou filha) em um grave acidente, no qual todo seu corpo ficou desfigurado, colocaria a foto dele(a) morto(a) em uma camiseta para homenageá-lo(a)?

Novamente espantados com a pergunta, ambos responderam: Claro que não!

Bem, tenho a certeza de que se continuasse a lhes fazer perguntas do mesmo tipo a resposta seria a mesma. Claro que não!

Aliás, a maioria das pessoas provavelmente teria a mesma reação frente a esse tipo de pergunta e a mesma resposta. Claro que não!

Naturalmente, eu concordei com eles e, por fim, perguntei:

Por que então as pessoas que se dizem Cristãs, que acreditam fielmente na existência de Deus e de seu Filho Jesus Cristo, carregam um crucifixo com um corpo totalmente desfigurado, representando (segundo elas) Jesus, no pior momento de Sua vida em Sua passagem pela terra?

A questão aqui não é entrar no contexto espiritual ou religioso do assunto. Até porque isso dependerá do que cada um crê.

A questão é: Será que não temos sido indagados com perguntas do mesmo tipo das mencionadas neste post?

E, espantados, respondendo: Claro que não!

Entretanto, na prática, vivendo aquilo que negamos com a nossa própria boca?

Pense, reflita, discorde – exponha sua opinião.


"Tendes cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo;" - Colossensses 2:8

Que Deus o(a) abençoe prezado(a) leitor(a)!

Obrigado pela sua visita!

Um comentário:

  1. Oi, muito legal o teu Blog

    Parabéns!!!

    www.jotabepontodevista.blogspot.com

    JB

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita e pelo comentário.
Fique na paz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...